POR ANA BEATRIZ CAMARGO

Segundo dados da SuperData, consultoria com foco em games da Nielsen, o setor de conteúdo sobre games se tornou, em 2020, uma indústria com faturamento de US$ 9,3 bilhões, ante US$ 6,5 bilhões do ano anterior. A base de espectadores, que em 2019 era de 944 milhões de espectadores, saltou para 1,2 bilhão no último ano. E mais do que nunca, a figura do jogador que passou a compartilhar suas habilidades em lives se consolidou e uma nova vertente de jogadores foi criada: a dos streamers.

São horas e horas de transmissões em plataformas de live streaming – Twitch, Facebook Gaming e Youtube são as principais. Nelas, jogadores compartilham sua imagem e sua tela enquanto conversam com os demais players e com seus seguidores. A forma de fazer receita se baseia nas contribuições dadas pelos usuários que entram na live e, no caso da Twitch, na modalidade de assinaturas pagas que o streamer recebe em seu canal.

Distribuição da receita com conteúdo sobre games nas plataformas (Crédito: SuperData / Nielsen Company)

A plataforma de streaming Twitch — maior e mais abrangente plataforma de live streaming da atualidade — foi criada em 2005 e recebia o nome de seu criador: “justin.tv”. O conceito inicial era servir de espaço para criadores de conteúdo compartilharem momentos do seu dia por lives, mas foi com o conteúdo gamer que a Twitch alcançou seu lugar ao sol e chamou a atenção das gigantes de tecnologia. Após rumores de que o Google compraria a plataforma por US$ 1 bilhão de dólares, quem fechou o negócio foi a Amazon, por US $970 milhões de dólares, no ano de 2014. 

Segundo report mensal da consultoria StreamElements, o jogo com mais horas vistas dentro da Twitch, em agosto de 2021, foi o Grand Theft Auto V – com 142 milhões de horas. Em segundo lugar está League of Legends, com 133 milhões de horas. Em terceiro lugar, no mês de agosto, o recém-lançado Apex Legends Emergence, com 86 milhões de horas. 

Interface da Twitch durante uma transmissão na página do CBLOL (Crédito: TwitchCrédito: SuperData / Nielsen Company) 

Dentre as personalidades da Twitch, o streamer com maior número de seguidores e de visualizações é o Ninja, apelido de Richard Tyler Blevins, americano de 30 anos que faz transmissões de Valorant, Fortnite e Apex Legends. Ele tem uma legião de 16 milhões de seguidores e acumula mais de 550 milhões de visualizações. Na sequência, vem Turner Tenney – conhecido pelo apelido de Tfue. O jovem de apenas 23 anos conta com 10 milhões de seguidores. Os dados são do site SocialBlade, que acompanha em tempo real as estatísticas nas principais redes sociais. 

 

SOBRE A AUTORA

Ana Beatriz Camargo é jornalista, heavy user de redes sociais e escreve sobre o mundo dos games.