Descontos: millennials focam em itens básicos; Gen Z prefere cerveja

Pesquisa da Cuponeria revela hábitos de consumo das diferentes gerações e aponta tendências

Crédito: Karolina Grabowska

Redação Fast Company Brasil 2 minutos de leitura

De acordo com levantamento realizado pela Cuponeria, empresa de cupons de desconto, clubes de benefícios e ações promocionais, millennials representam 51% dos consumidores de cupons e cashback. Apenas 13% da geração Z, 18% da geração X e 12% dos baby boomers têm o mesmo hábito.

O relatório foi feito em parceria com a Morning Consult, e mostra que esse público é mais propenso a buscar serviços e ativos financeiros alternativos. Esse comportamento seria reflexo dos períodos de grande recessão econômica enfrentados por essa geração. O levantamento foi feito dentro da plataforma da Cuponeria, que conta com mais de sete milhões de usuários, entre 2020 e novembro de 2021.

Quando o tema são as prioridades de cada geração, millenials e centennials também divergem. Os primeiros consomem seis vezes mais produtos de higiene e de saúde, enquanto a Gen Z lidera o ranking de consumo de cerveja. Esses números podem ser explicados pelo fato de que os millennials, normalmente, já são responsáveis financeiramente por seu lar, tendo mais gastos com esses tipos de produto.

a geração Z ainda recorre pouco aos cupons para consumo de itens básicos, e muito para consumo de fast food, moda e entretenimento.

“Foi possível perceber que as gerações mais jovens engajaram-se ainda mais nas compras, enquanto as demais foram se habituando a novas formas de consumo, como as plataformas digitais, extensões, aplicativos, entre outros”, afirma Nara Iachan, cofundadora e CMO da Cuponeria.

Segundo Nara, a geração Z ainda recorre pouco aos cupons para consumo de itens básicos, e muito para consumo de fast food, moda e entretenimento. “O número já é bastante expressivo para esses segmentos e nos próximos anos deve aumentar também para os itens básicos, em decorrência da independência financeira e da saída da casa dos pais.”

O MERCADO DE CUPONS E DESCONTOS

Cupons de desconto e promoções voltaram a fazer a diferença e são procurados em períodos de crise, como no caso da pandemia da Covid-19, principalmente nas categorias básicas de consumo. Outros motivos continuam a impulsionar a ascensão desse mercado:

– O hábito de aproveitar oportunidades em todas as compras, principalmente para ampliar a cesta de consumo.

– O foco em fidelização por parte de grandes empresas, como bancos, seguradoras e bandeiras de cartão de crédito.

– O surgimento de novas ferramentas para aproveitar cupons, descontos e clubes de fidelidade.

O segmento está passando por grandes mudanças, principalmente nas áreas de campanhas da indústria e de clubes de benefícios, que estão investindo em cashback, carteira virtual e marketplaces.

“Nos marketplaces é possível realizar compras com desconto sem sair do aplicativo da empresa responsável pelo clube (como um banco ou bandeira de cartão)”, afirma Nara. “Outra tendência forte são as campanhas promocionais onde os clientes escaneiam notas fiscais para resgatar prêmios. Os maiores players do setor estão realizando cada vez mais campanhas nesse formato.”


SOBRE O(A) AUTOR(A)

Conteúdo produzido pela Redação da Fast Company Brasil. saiba mais