Festival MITA chega ao Rio misturando música e temáticas sociais e sustentáveis

Crédito: divulgação

Redação Fast Company Brasil 2 minutos de leitura

Depois de realizar sua primeira edição em São Paulo, o Festival MITA – Music is the answer chega ao Rio de Janeiro, nos dias 21 e 22 de maio, no Jockey Club Brasileiro. O espaço conta com mais de 110m² e receberá atrações nacionais e internacionais como Gorillaz, Two Door Cinema Club, Gilberto Gil, Marcelo D2, Liniker e mais. 

A edição de São Paulo contou com 10 marcas patrocinadoras, 18 artistas e quase 40 mil espectadores. 

“Estar no coração do Rio de Janeiro é importante para a gente mostrar para o público e para as marcas que esse festival é nosso. Todos podem esperar uma experiência geográfica extraordinária”, afirma Guss Luveira, CMO da 30E, empresa sócia do MITA em parceria com a BônusTrack.

Na edição do Rio, o Mita conta com patrocínios da Deezer, Marisa, Jack Daniel’s, RedBull, Pier e Heineken. Mas o festival não para apenas nas ações dessas marcas. Ele contará com uma área para a reflexão e discussão sobre a importância da atuação de toda a sociedade em ações de responsabilidade social e ambiental. 

Para este espaço, o evento convidou as instituições Gerando Falcões e Instituto Vida Livre para apresentarem suas propostas de ação, projetos desenvolvidos e resultados concretos alcançados. O Festival tem a oferta do ingresso social, que pode ser comprado por todos os públicos, e que tem parte da renda destinada às instituições.  “A gente acredita que o entretenimento pode ser uma ferramenta de transformação. O MITA quer dar espaços para instituições que tenham propósitos e objetivos claros”, afirma Luveira.

Segurança e sustentabilidade

Em um momento no qual o roubo de celulares nas ruas de São Paulo e Rio de Janeiro virou tema recorrente dos noticiários, a Pier, seguradora digital, oferecerá seguro de 30 dias para os aparelhos de todos os participantes do evento.

Já a Heineken montará uma estrutura chamada Biosfera Musical, em parceria com a Atenas e o Floresta de Bolso. A ideia é motivar um diálogo entre a natureza da Mata Atlântica e as pessoas que circularem pelo evento, propondo uma experiência sensorial, que será potencializada ao som de música ambiente. 

Segundo comunicado da marca, a ideia da instalação é também reafirmar suas quatro grandes metas em relação à sustentabilidade:  50% dos pontos de venda em 19 capitais terão energia renovável até 2030;  80% das embalagens de vidro  serão retornáveis até 2030; em parceria com o projeto Floresta de Bolso, serão implantadas micro florestas urbanas em 19 capitais do país até 2030; e por último, desde 2010 a Heineken investe 10% de toda sua verba de marketing em ações de consumo consciente, e, até 2030, os esforços serão multiplicados.


SOBRE O(A) AUTOR(A)

Conteúdo produzido pela Redação da Fast Company Brasil. saiba mais