Warner traz para o Brasil parque inspirado em seus filmes de terror

Atração, que estreia em setembro, terá como temas “O Exorcista”, “IT: A Coisa”, “Doutor Sono” e a franquia “Invocação do Mal”

Crédito: Divulgação

Redação Fast Company Brasil 2 minutos de leitura

O Brasil tem sido palco de diferentes experiências imersivas, como o Mundo Pixar, que vêm atraindo muitos visitantes. O sucesso, porém, faz com que passeios virem uma sequência de filas para tirar fotos, perdendo o elemento de imersão.

Aproveitando a proximidade com o Halloween, a Warner Bros para São Paulo, em parceria com T4F e Thor, o Parque do Terror WB, prometendo imersão de verdade, menos filas e menor foco nos aspectos “instagramáveis” da atração. A abertura é dia 9 de setembro, no shopping Villa Lobos, na capital paulistana.

Serão cerca de 40 sessões por dia em um período de três meses, o deve atrair 100 mil visitantes, na expectativa dos organizadores, que investiram mais de R$ 5 milhões no projeto.

Crédito: Warner Bros./ Divulgação

O Parque do Terror tem como inspiração clássicos do gênero produzidos pela Warner Bros.: “O Exorcista”, “IT: A Coisa”, “Doutor Sono” e a franquia “Invocação do Mal”.

A atração é dividida em dois momentos: no Museu do Terror, os visitantes serão convidados a interagir com diferentes elementos e aprender mais sobre os filmes, filmar e fotografar o que desejarem. Já a Experiência do Terror é um passeio imersivo, com participação de atores e no qual não serão permitidos fotos ou vídeos.

“A Experiência promete ser sensorial e imersiva graças ao contato do público com atores, efeitos sonoros, visuais e até de ilusionismo. Trata-se de uma imersão nas maiores franquias de terror de todos os tempos, algo muito além de um lugar instagramável ou feito para as redes”, afirma o produtor e diretor José Vinícius Toro.

Crédito: Warner Bros./ Divulgação

Para melhorar a experiência, o parque terá limitação de público, com sessões fechadas a cada 15 minutos. “Assim poderemos garantir que, a cada sessão, todos possam ter a melhor experiência possível e que nunca haverá superlotação”, diz Toro.

Entre os cenários reproduzidos no espaço estão o corredor do hotel e o quarto 237 de “Doutor Sono”; a fachada da casa de Regan Macneil, de “O Exorcista”; o esgoto de “IT: A Coisa”; e elementos de “Invocação do Mal” O museu contará com livros virtuais trazendo insights sobre obras, cenas descartadas, informações sobre os autores, diretores e elenco, além de curiosidades sobre as filmagens.


SOBRE O(A) AUTOR(A)

Conteúdo produzido pela Redação da Fast Company Brasil. saiba mais