POR CLAUDIA PENTEADO

Fernanda De Fino é mãe da Maria Antônia e, entre muitas outras coisas, diretora global de Risco e Compliance da fintech de pagamentos Ebanx – onde lidera as áreas de Compliance, AML/FT, Integridade e Ética, Governança Corporativa e Riscos. Ela dá suporte para os 15 países em que a empresa opera na América Latina, e também está à frente do desenvolvimento do seu programa global de ESG. Fernanda é graduada em Direito e especializada em Direito Socioambiental, atua há mais de 15 anos na área, e certamente está vivendo um dos momentos mais pujantes da sua carreira, este em que as pessoas e as empresas têm a oportunidade de repensar seus lugares no mundo, colocando em prática, de fato, tudo aquilo que tantas vezes foi defendido apenas na teoria. Nesta conversa ela confirma toda essa transformação, que opera não só no seu trabalho, mas também na sua própria vida, repensando prioridades, e jamais esquecendo algumas lições recebidas lá atrás, de pessoas que realmente importam. Conheça melhor a Fernanda aqui, neste papo com a Fast Company Brasil. 

O que é inovação pra você?

Em linhas gerais, é quebrar o status quo ante visando atender uma necessidade. Muitas vezes o conceito de inovação vem atrelado a uma coisa complexa ou difícil. Ao meu ver, inovação anda de braço dado com a simplicidade. Fazer a mesma coisa de um jeito mais rápido, ágil e simples, pronto! Inovou! 

Aqui no Ebanx inovação faz parte do nosso dia a dia em todas as áreas, inclusive em Compliance. Somos acionados sempre que alguém se depara com uma situação que parece sem solução ou em desacordo com os nossos valores. Nossa área busca encontrar soluções para fazermos a coisa certa sem bloquear ou impedir a evolução dos negócios. 

Um exemplo prático que posso trazer aqui é a alteração no cadastro de um dos nossos produtos para a inclusão da opção de nome social para pessoas trans. Isso ocorreu após um pedido feito por um ebanker trans. Ou seja, uma mudança de desenvolvimento simples, em linha com a regulamentação e que gerou um grande valor para essa população. E isso foi impulsionado por uma política de contratação plural e diversa, que trouxe pessoas trans para dentro do Ebanx e mostrou um status quo que poderia ser alterado, tornando um produto mais diverso e trazendo benefício para a sociedade. 

Que habilidade se torna essencial para o líder neste momento?

Nesta última década nossa sociedade passou por uma profunda mudança e, consequentemente, a nova geração de profissionais que entraram no mercado de trabalho trouxe quebra de paradigma para as empresas. Com isso, os líderes atuais que ainda insistem num modelo distante e não individualizado de gestão estão perdendo espaço. O líder atual precisa olhar para cada membro da sua equipe de maneira única, entender as fraquezas, enaltecer as virtudes e trabalhar cada um destes pontos individualmente para benefício do time. Inclusive, ouso dizer que formar um time diverso, rico em grandezas e coeso em valores é um dos grandes desafios da liderança hoje em dia. O verdadeiro líder sabe identificar pessoas que se complementam e formam um time que trabalha por um objetivo em comum.

O que significa qualidade de vida para você?

Depois que se é mãe, qualidade de vida ganha um novo significado para a gente. Nosso olhar para coisas corriqueiras muda. Dormir bem, tomar um bom banho e se alimentar sem pressa passam a ser sinônimos de qualidade de vida, é fato! Mas a verdade é que estar bem física e mentalmente é o que se almeja e isso se conquista através destes fatores, o resultado disso é poder fazer o bem para si e para aqueles que você quer bem. 

O que o conceito de sustentabilidade representa para você e para o seu negócio?

Sustentabilidade para mim é sinônimo de perenidade. É você garantir, através de ações no presente, a manutenção a longo prazo. No Ebanx temos um programa forte de ESG que se iniciou pelo G, ou seja, pela Governança. Fundamentado em pilares de Empoderamento da Sociedade, Diversidade, Compliance e Carbon Challenge, o programa de ESG do Ebanx ecoa os valores da empresa, visando beneficiar seus funcionários, a sociedade e o meio ambiente. 

Diversidade e inclusão é um dos nossos pilares e acreditamos firmemente que é fundamental para a inovação. É também um processo de aprendizagem constante e estamos dispostos a aprender e também a agir. 

Trabalhamos para iniciar ações concretas internamente para as mudanças que queremos ver na comunidade ao redor e na sociedade como um todo. Definimos metas de diversidade até 2023 em torno de diversidade de gênero, diversidade racial e diversidade de capacidades físicas, e implementamos ações concretas, entre elas dois programas de estágio exclusivos (um para pessoas negras, e contratamos 16 pessoas; e uma para mulheres em tecnologia, e contratamos 38) e programas de educação e bolsas de estudo. Temos ainda ações de incentivo ao esporte, promovemos a comunicação de responsabilidade aumentando o nível de transparência e a confiança na empresa. Como já dito anteriormente, ações que propõem novos olhares diante de problemas não solucionados até hoje.

Qual o melhor conselho que você já recebeu na vida?

Quando me deparo com esta pergunta, inevitavelmente lembro do meu pai dizendo “Filha, estude para que você não dependa de ninguém!”. Na época isso me soava como uma imposição paterna sem sentido, hoje vejo o quanto meu pai já enxergava a mudança na sociedade atual em que vivemos. O que ele estava incentivando de forma muito direta era para que eu fosse independente, mas não apenas financeiramente, e sim, nas minhas escolhas. Para termos o poder de escolha, temos que conhecer para ter a capacidade de discernir aquilo que queremos e que nos faz bem. Era isso que ele me incentivava a fazer. Estude para você agir com consciência, isso te trará liberdade e independência. 

SOBRE A AUTORA

Claudia Penteado é editora chefe da Fast Company Brasil.