POR VINNIE LAURIA

Uma das melhores coisas que os líderes de uma jovem empresa podem fazer na pandemia é… ler.  Quando tempos incertos ameaçam a sobrevivência de uma empresa, você precisa de mais do que mudanças de emergência. É hora de se concentrar nos fundamentos.

Nesse sentido, preparei uma lista de clássicos essenciais, na minha visão, em seis áreas: cultura, OKRs, gestão, vendas, contratação e negociações.

Cultura ainda é mais importante que estratégia. É o campo de força comportamental que molda tudo o que uma empresa faz. No ambiente atual, onde as equipes não conseguem socializar ou se conectar como antes, esse vetora está enfraquecido. Um Novo Jeito de Trabalhar! é um livro essencial (e, agora, urgente) para ampliar seu arsenal de ferramentas e processos que irão reforçar a cultura corporativa. Escrito pelo ex-chefe de recrutamento e cultura do Google, é um tour com as melhores práticas histórias de gestão de talentos da empresa. Você vai encontrar as sementes de dezenas de ideias úteis ali, prontas para serem implementadas ou adaptadas.

Os OKRs (sigla em inglês para Objetivos e Principais Resultados) são as ferramentas de definição de metas e aferição do progresso que muitas empresas tentam usar, mas poucas sabem como utilizar bem. Embora John Doerr seja mais conhecido por seu histórico como investidor na Kleiner Perkins, ele também é um sensei na arte das avaliações. Ele aprendeu sobre OKRs com o inventor do tema, Andy Grove, na Intel nos anos 1970. Mais tarde, ele apresentou esse conceito ao Google (junto com o cheque do fundo), adicionando uma nova visão: tornar cada objetivo um verdadeiro desafio. Significa que, se você só alcançar 70% da meta, ainda assim terá realizado muito.

E por falar no homem que inventou o OKR…

Pessoas não são máquinas e não podem ser tratadas como robôs em uma linha de montagem. Ainda assim, o lendário engenheiro que se tornou CEO e transformou a Intel em uma potência do Vale do Silício, adotou uma abordagem de gestão baseada em métodos de produção industrial em massa. Provavelmente não existe um único livro que mereça ser chamado de “a Bíblia da administração de empresas de tecnologia”. Mas conheço muitas pessoas no Vale que, se pressionados a citar uma obra, não hesitariam em apontar esse livro.

Pitch Anything foca nos preciosos minutos que você tem para vender um negócio de qualquer tipo para qualquer pessoa, seja cliente, investidor, equipe ou quem quer que seja. O livro explica conceitos como contar histórias simples para intrigar a parte primitiva do cérebro, que o autor chama de “crocodilo”, do seu cliente potencial. Isso se torna muito importante hoje em dia numa videoconferência, por exemplo, quando você está lutando para evitar que as pessoas durmam ou naveguem a esmo do outro lado da tela.

Topgrading é um dos livros favoritos dos recrutadores e dos departamentos de RH. Na pandemia, se tornou obrigatório diante da impossibilidade de realizar entrevistas pessoais. O livro foi escrito pela primeira vez quando a maioria das entrevistas era conduzida por… telefones fixos. Hoje em dia, quando anos de prática de leitura da linguagem corporal e dicas físicas são perdidos durante uma chamada de Zoom, a obra se tornou mais atual do que nunca. O livro também oferece uma série de técnicas para identificar e desenvolver candidatos AAA, não apenas na hora de contratar, mas criando métodos para medir o crescimento profissional.

O título desse livro diz muito. O autor trabalhou para o FBI em situações com reféns – sim, quando uma pessoa está apontando uma arma para a cabeça de outras e usando as pessoas inocentes como moeda de troca – e seu trabalho era convencer o bandido a sair de lá sem perder nenhuma vida. Pior: Voss tinha que fazer isso muitas vezes por telefone, sem poder ver com quem estava negociando. Provavelmente o que funcionou para ele enquanto voava às cegas, numa pressão incrivelmente alta, funcionará bem em sua próxima videoconferência.

Vinnie Lauria é um empreendedor do Vale do Silício que se tornou investidor. Hoje ele é managing partner da Golden Gate Ventures, um fundo de venture capital baseado em Cingapura.