POR FAST COMPANY BRASIL

Depois de imagens (Instagram), troca de mensagens (WhatsApp), áudio (Live Audio Rooms e podcasts), entre várias outras ferramentas, o Facebook amplia ainda mais a sua atuação com o lançamento do Bulletin, plataforma de newsletters.

O Bulletin foi divulgado de maneira tímida no final de junho, quando o Facebook anunciou que gente como o jornalista Malcolm Gladwell (autor de livros como “Outliers – Fora de Série”) passariam a escrever newsletters para a plataforma.

Nesta terça, 20, a companhia revelou outros 30 nomes que estarão no Bulletin. Entre eles, estão a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, o analista de negócios e política global Ian Bremmer, a ativista do movimento negro Jiquanda Johnson, a cantora e compositora Rhonda Ross e a jornalista porto-riquenha Maria Celeste, a única do grupo que, por enquanto, vai escrever em língua não-inglesa.

Vários dos autores já colocaram no ar as primeiras publicações. Elas podem ser acessadas por meio do site https://fyi.bulletin.com/. Pelo menos até os próximos meses, o Bulletin será uma plataforma com interface bem particular, em que a marca Facebook aparece de forma sutil.

Há uma variedade grande de temas entre as mais de 30 newsletters do grupo: de ativismo a esporte, de política a wellness, de análise econômica às maneiras pelas quais a tecnologia está mudando os meios de transporte.

Os autores poderão escolher se a newsletter será gratuita ou se ela será parcialmente liberada apenas para assinantes pagos. Alguns dos benefícios que terão esses pagantes são acesso a grupos específicos no Facebook, salas de áudio ao vivo e podcasts (dessa maneira, o assinante será levado a outros produtos do Facebook).

Por enquanto, apenas escritores convidados podem enviar newsletters pelo Bulletin, mas a previsão é a de que o Facebook libere a todos o acesso à plataforma.

“Respeitamos o trabalho dos escritores e queremos deixar claro que todos os nossos parceiros terão total independência editorial”, disse o Facebook logo após o lançamento do Bulletin.