POR REDAÇÃO FAST COMPANY BRASIL

A criptomoeda está chegando à Big Apple em grande estilo. A cidade de Nova York vai ganhar sua própria criptomoeda, a NYCCoin. E aqui vamos resumir tudo o que você precisa saber. 

Quando ela começou a ser minerada?  

A fase de mineração começou na quarta-feira da semana passada ( em 10 de novembro de 2021).

“Nossa, como Nova York é inovadora!”

Com certeza, mas dessa vez ela não foi a primeira. Miami também tem a sua própria criptomoeda, a MiamiCoin. Ambas foram lançadas pela CityCoins.

Será que os nova iorquinos vão abraçar as criptomoedas? 

Parece que sim. Inclusive, o prefeito eleito Eric Adams é fã declarado de criptomoedas. Semana passada, ele tuitou que queria seus três primeiros salários em bitcoin, e completou: “Nova York será o centro da indústria da criptomoeda”. Depois, no domingo, ele mencionou durante uma entrevista à CNN que ele acha que as crianças deveriam aprender sobre criptomoedas na escola. 

Essa moeda já é funcional e aceita em toda a cidade?

Ainda não, mas Adams já deu indícios de que apoia essa iniciativa. 

Como funciona a NYCCoin?

Funciona pelo protocolo Stacks, que permite a desenvolvedores construir aplicativos e contratos inteligentes no blockchain do bitcoin.

Qual é o objetivo da NYCCoin?

De acordo com o site da CityCoins, “a NYCCoin pode ser explorada ou comprada por qualquer um que queira apoiar a cidade de Nova York enquanto ganha criptomoedas via protocolo Stacks. A NYCCoin é programável, permitindo a criadores que melhorem a cidade a partir de seus teclados, usar a NYCCoin para construir aplicativos web3, cunhar NFTs (non-fungible tokens) ou, ainda, melhorar a infraestrutura digital da cidade.”