POR NEIL VIDYARTHI

A maioria das pessoas usa seu assistente de voz apenas para algumas tarefas simples – como perguntar à Siri como está o tempo lá fora ou pesquisar alguma curiosidade aleatória no Google Assistant. Aprofundar-se no uso dessas ferramentas pode parecer algo muito complicado. Além disso, há quem se preocupe com a eventual perda de privacidade ou quem apenas se sinta estranho conversando em voz alta com uma máquina. 

Até pouco tempo atrás, eu também costumava reclamar disso tudo. Mas durante a pandemia, quando tive que passar mais tempo em casa, comecei a usar os comandos de voz para mais tarefas. No fim das contas, achei que essa foi uma solução bastante útil ergonomicamente – usei mais a minha voz, o que deu uma pausa aos meus olhos, dedos, costas e pescoço, além de ter ajudado a não sobrecarregar o meu computador enquanto eu trabalhava de casa. O assistente de voz também me economizou tempo, possibilitando que eu realizasse tarefas enquanto dirigia e ajudando a mim e à minha esposa, por exemplo, a manter nosso filho (e nós mesmos) entretidos durante uma viagem. 

Para você que dirige muito, que precisa cuidar de uma criança com as mãos ocupadas, que não quer carregar seu computador para todo canto ou que simplesmente adora o som da própria voz, elaboramos um guia completo para a integração de assistentes de voz à vida prática, com sugestões minhas e de colegas meus da DOIST sobre como economizar tempo, ser produtivo e se divertir com eles. Basta um pouco de investimento inicial para se integrar, e sua economia de tempo vai fazer diferença a longo prazo. 

Se você estiver começando agora a usar um assistente de voz, comece a ler desde a primeira seção. Mas se você já tiver alguma experiência e se considera um “usuário intermediário”, pode pular diretamente para as nossas sugestões.

SE VOCÊ ESTÁ COMEÇANDO AGORA 

Os três principais assistentes de voz – da Amazon, da Apple e da Google – funcionam da mesma maneira. Eles são alimentados por IA para permitir que você diga comandos que seu dispositivo inteligente executará, como procurar instruções de rota ou fazer pesquisas online. Esses três assistentes também trabalham com uma variedade de dispositivos e de aparelhos inteligentes, o que significa que você pode usá-los para tudo, desde acender as luzes até passar o aspirador de pó pela casa. 

A seguir, um resumo de cada um dos três assistentes, com muitos exemplos.

Alexa, da Amazon

A assistente de voz da Amazon, a Alexa, se conecta ao Echo e a outros alto-falantes inteligentes da Amazon. Embora a Amazon não fabrique smartphones, você pode usar a Alexa em telefones Android e em iPhones.

Como funciona: além de contar com a maioria das ativações de voz padrão (fornecer a previsão do tempo, tocar música, ler notícias), você pode expandir os recursos de Alexa adicionando “habilidades”, que são basicamente aplicativos que permitirão realizar outras tarefas (como fazer pedidos de delivery, meditar ou controlar dispositivos domésticos inteligentes).

Dispositivos inteligentes: a Alexa se conecta a uma variedade de dispositivos inteligentes, incluindo de iluminação, de segurança doméstica e até mesmo comedouros automáticos para animais de estimação.

Siri, da Apple em sistema iOS

Siri é a assistente de voz da Apple e está disponível em iPhones, iPads ou alto-falantes Homepod, através do sistema operacional iOS.

Como funciona: para executar tarefas, como acender luzes ou adicionar novos eventos à sua agenda, você usará a função “atalhos”. Você pode criar atalhos por vários caminhos: um aplicativo em seu telefone, a partir de sua tela inicial, de um widget, do relógio da Apple, da função de compartilhamento de outro aplicativo ou simplesmente chamando a Siri.

Dispositivos inteligentes: se você estiver procurando por dispositivos inteligentes compatíveis com iOS, verifique se ele funciona com o Apple HomeKit ou com Apple AirPlay.

Assistente do Google

A Google não tem um nome específico para seu assistente de voz, que está disponível em telefones Android e em alto-falantes domésticos. Ele aproveita a experiência da Google com reconhecimento de voz, que eles extraem de dados capturados por meio do uso de um telefone Android e de aplicativos da Google, como Chrome, Gmail e Google Maps. Você também pode usar o Google Assistant em dispositivos iOS, embora neles a funcionalidade seja mais limitada.

Como funciona: os workflows (fluxos de trabalho) do assistente Google são conhecidos como “Rotinas” e você pode criá-las e gerenciá-las abrindo as configurações do assistente e clicando em “Rotinas” ou dizendo: “Ei, Google, abra as configurações de rotina”. Ele também permite que você combine atividades. Por exemplo, quando você diz “Estou em casa”, isso pode acender as luzes e aumentar o termostato.

Dispositivos inteligentes: para dispositivos inteligentes compatíveis com o Google, confira a loja Google Nest.

PRIVACIDADE

Uma das principais preocupações relacionada aos assistentes de voz é a privacidade. Sugerimos que você pesquise para descobrir com qual nível de exposição de dados você se sente confortável. Você pode aprender mais sobre proteção à privacidade online e sobre como proteger sua privacidade enquanto estiver usando assistentes de voz se verificar as recomendações e diretrizes da Comissão Federal de Comércio dos EUA e da União Europeia.

NO TRABALHO

Assistentes de voz são perfeitos para preparar seu espaço de trabalho no início do dia, ou para oferecer uma pausa das telas a você e aos seus olhos cansados.

  • Definir uma “vibe” para o seu escritório

Crie o clima ideal para o seu local de trabalho usando comandos de voz para definir a iluminação ideal e para criar uma atmosfera tranquila, com sua música favorita ao fundo. Todos os três assistentes de voz podem ser configurados para controlar a iluminação e os alto-falantes habilitados para voz. Um comando para ativar uma lista de reprodução com o título “Foco”, por exemplo, pode executar melodias que o ajudem a se sentir calmo e centrado. O designer de produtos da Doist Alex Muench acende suas luzes da Philips Hue por meio da Siri e do HomeKit, conectados também aos seus HomePod minis, ao seu iPhone e seu relógio. Quando ele pede à Siri para ligar as “luzes de trabalho”, as luzes atingem um determinado nível de brilho. Isso o ajuda a se concentrar.

  • Falar, em vez de digitar

Se suas mãos estão cansadas de digitar, você pode recorrer ao seu assistente de voz e usá-lo como um serviço de transcrição. Fadeke Adegbuyi, gerente sênior de marketing de conteúdo da Doist, explica que falar em voz alta o esboço ou um primeiro rascunho do que virá a ser uma postagem no blog a ajuda colocar mais rapidamente, depois, a ideia na página e a manter o fluxo criativo.  O Google Assistant é especialmente bom para transcrever (ou, então, experimente softwares de reconhecimento de voz, como Dragon, que é compatível com Mac ou PC).

  • Fazer pesquisas

Dar ao seu cérebro um descanso da tela e mudar um pouco a forma com que você acessa as informações ajuda a melhorar a criatividade. Peça ao Google ou a outro assistente de voz para acessar uma página da Wikipedia, artigos de notícias ou outro conteúdo, e ele lerá a página em voz alta para você.

  • Acompanhar as suas tarefas

Use comandos de voz para acompanhar sua lista de tarefas ao longo do dia. Quando uma ideia me vem à cabeça, mas não estou perto do celular, posso pedir aos alto-falantes domésticos para adicioná-la ao Todoist, um software de organização pessoal que funciona integrado ao Google Assistant, Siri ou Alexa.

Depois de integrar o Todoist (ou outro programa semelhante) ao seu assistente, é importante notar que cada assistente de voz demanda uma linguagem ligeiramente diferente para você dar seus comandos.

  • No Google: diga “ok Google, deixe-me falar com o Todoist”.
  • Na Siri: termine seu comando com “no Todoist”. Por exemplo: “adicione [nome da tarefa] no Todoist.”
  • Na Alexa: consulte “minha lista de tarefas”. Pergunte, por exemplo: “Alexa, o que está na minha lista de tarefas?”

Seguem mais alguns comandos úteis:

  • Para adicionar uma tarefa a um projeto:

Na Siri: diga “adicionar [nome da tarefa] à minha lista de [nome do projeto] no Todoist.”

No Google: diga “Adicionar [nome da tarefa] a # [nome do projeto]” (diga “hashtag” em voz alta para o símbolo #).

Na Alexa: diga “Alexa, adicione [nome da tarefa] café à minha lista de [projeto]”. Adicione uma tarefa ao Todoist através da Siri, dizendo algo como: “Siri, adicione ‘Escreva uma história’ à minha lista de projetos de ‘Escrita’ no Todoist.”

  • Para ler ou visualizar sua lista de tarefas:

Siri: “Mostre-me todas as tarefas de hoje no Todoist.”

Google: “Ok Google, pergunte ao Todoist o que temos para hoje.” Ou: “Ok, Google, quais tarefas do Todoist que devem ser feitas hoje?”

Alexa: “Alexa, o que está na minha lista de tarefas?”

  • Para adicionar detalhes extras às suas tarefas, como prioridades, datas e classificações (opção não disponível na Alexa):

Siri: “Adicione [nome da tarefa] [data e hora de vencimento] no Todoist.”

Google: “Adicionar [nome da tarefa] [nível de prioridade-p1, p2, p3 ou p4] @ [marcador].”

  • Para adicionar atalhos para tarefas que você faz com frequência (iOS):

Depois de ativar o Todoist com atalhos na Siri, você pode usar a assistente para adicionar atalhos, como “Nova postagem no blog” ou para adicionar tarefas a um projeto chamado, por exemplo, “Trabalho”, que incluam pesquisar, escrever o primeiro rascunho, enviar ao editor, publicar etc.

  • Para cumprir seu cronograma:

Use comandos de voz para ajudá-lo a atualizar sua programação de qualquer lugar, para lembrar-se das reuniões e para controlar sua agenda ao longo do dia.

  • Para adicionar reuniões e eventos:

Quando você precisar adicionar um evento, mas estiver em trânsito, andando ou dirigindo, basta dizer ao assistente de voz para colocá-lo em sua agenda. Por exemplo, no Google, diga “Adicionar [nome do evento] à minha agenda”, “Programar [evento] para mim no sábado às 20h”, “Adicionar um [evento] chamado ‘meu jantar de aniversário’”. Você também pode adicionar essas tarefas no Todoist.

  • Para verificar o que está por vir na sua agenda:

Sinta-se como um CEO dizendo: “Ei, Siri, o que está na minha agenda hoje?” Ou pergunte sobre uma data futura, como “Liste todos os eventos de 1º de outubro. Ou: “O que tem na minha agenda para sexta-feira?”

  • Para não se esquecer dos próximos eventos:

Use o Google para se lembrar de um evento, dizendo: “Ok Google, defina um lembrete. Lembre-me de participar da reunião geral, amanhã às 10h.”

  • Para usar a técnica Pomodoro:

Se você é adepto da técnica Pomodoro para trabalhar em fluxos intensos de 25 minutos com intervalos de 5 minutos entre eles, diga “Tomato Helper” (Técnica Pomodoro) na Alexa ou peça ao Google, à Siri ou à Alexa para definir um cronômetro.

AVENTUREIROS E VIAJANTES 

Quando você está na correria para resolver suas tarefas, usar comandos de voz evita que você precise largar suas sacolas de compras no chão ou que acabe esquecendo o casaco no carro porque parou para procurar orientações de direção.

  • Locomover-se pela cidade

Esteja você dirigindo ou a pé, fique de olho no seu percurso, e não na tela do telefone. Use comandos de voz para obter rotas ou relatórios de tráfego, encontrar restaurantes, cafés ou academias nas proximidades etc. (“Ei, Siri, abra o Yelp”).

Olga, desenvolvedora do Doist para Android, afirma que um de seus usos favoritos para o assistente de voz é enquanto está dirigindo. Ela utiliza esses comandos para mudar as estações de rádio no Spotify ou pular para a próxima música.

  • Fazer uma chamada ou ler e responder uma mensagem de texto sem utilizar as mãos

Com assistentes de voz, é possível ler e responder e-mails de qualquer lugar.

  • Encontrar uma vaga para estacionar

No caso da Alexa, é possível usar o aplicativo Parkwhiz

  • Fazer compras

Ouça os seus recados enquanto está a caminho da loja, ouça sua lista de compras enquanto se locomove a pé, entra no transporte público, anda de bicicleta ou dirige. Por exemplo: “Ok Google, o que está na minha lista de compras hoje?”. Você também pode consultar sua lista de compras do Todoist, dizendo ao seu assistente de voz para lê-la. Para abrir uma lista de compras, você pode dizer “Siri, me mostre todas as tarefas com prazo para hoje na minha lista de compras no Todoist”.

Se você não foi capaz de cumprir todas as tarefas que precisava, pode definir uma nova data e novo nível de prioridade para a tarefa. E se você tem alguma tarefa regular a fazer, como criar uma lista de compras, você pode configurá-la no Todoist com a Siri, usando os Atalhos.

  • Viajar

Comandos de voz são ideais para viagens, facilitando a logística para manter o controle de um longo caminho. Aqui estão algumas maneiras de usá-lo:

Acompanhe a programação de seus voos e atrasos, perguntando: “Que horas é meu próximo voo?” ou “Meu voo está no horário?” 

Converta a moeda entre um país que você está visitando e sua moeda local (por exemplo: “converter AUD em USD”).

Encontre sua bagagem: evite perder sua bagagem equipando sua mala com um rastreador bluetooth e peça à Siri para encontrar sua mala.

Faça reservas em restaurantes: nos EUA, você pode usar o Google Assistant para fazer reservas em restaurantes. Tudo o que você precisa fazer é dizer ao Google para “Reservar uma mesa para quatro no “Meu Restaurante Favorito” no sábado à noite” e ele ligará para o restaurante com essa solicitação.

NOTÍCIAS

Adoro usar comandos de voz no início do dia para receber notícias, resultados de jogos, informações climáticas e atualizações da bolsa de valores enquanto estou fazendo outras coisas, como cozinhando ou simplesmente apreciando meu café da manhã.

  • Atualidades 

Faça uma pausa na rolagem da tela do celular vendo besteira atrás de besteira e ouça as manchetes do dia a partir de sua fonte favorita de notícias, lidas para você em voz alta. Por exemplo, na Alexa, você pode dizer: “Dar as notícias do dia” ou “Dar as notícias da ESPN”.

  • Mercado de ações

Se você está tentando decidir se é uma boa hora para comprar, vender ou manter ações, use a sua voz para perguntar o preço de uma ação ou índice. Por exemplo, na Siri, você pode dizer: “Ei Siri, mostre o índice Dow Jones”, ou “Ei, Siri, quanto estão as ações da Apple hoje?”.  Você pode até comprar e negociar ações por meio de certas corretoras, como a TD Ameritrade.

  • Esportes

Saiba quando será a próxima partida do seu time favorito, acompanhe a classificação da sua liga favorita ou obtenha as estatísticas de um time. Por exemplo, no Google, pergunte: “Qual foi o resultado do jogo dos Bulls?”, ou diga “classificação da NBA”.

  • Clima

Descubra se você precisará de um guarda-chuva mais tarde ou obtenha a previsão dos próximos 10 dias. Por exemplo, na Siri, diga “ei, Siri, como está o tempo aqui?”, ou “ei Siri, qual é a previsão para os próximos 10 dias?”, ou “ei Siri, vai chover hoje?”

  • Rotina matinal

Becky, editora da Doist, criou uma Rotina para o Google Assistant para começar seu dia. Quando ela diz “conte-me sobre meu dia”, o Google informa a previsão do tempo, quanto tempo levará para ela chegar ao trabalho e as notícias do dia segundo as suas fontes preferidas, NPR’s “Up First” e o Daily do New York Times.

EM CASA

Se você está constantemente ocupado lidando com crianças, se precisa combinar horários e fazer arranjos com seus colegas de quarto ou se você mora sozinho e deseja ligar o rádio enquanto prepara o jantar ou limpa a cozinha: comandos de voz são úteis para diversas situações cotidianas.

  • Cumprir tarefas

Para ajudar a manter as coisas organizadas em casa, eu uso comandos de voz para adicionar tarefas à caixa de entrada do grupo da família, que minha esposa e eu compartilhamos e a qual verificamos todos os dias, usando o Todoist e o iOS. Eu até tenho um atalho para “adicionar tarefa compartilhada”, que define automaticamente uma tarefa para a prioridade 3 com a data de hoje e move a tarefa para #Caixa de entrada do grupo da família, para que eu tenha certeza de que vou acessá-la mais tarde.

Se você tiver aparelhos de limpeza habilitados para alto-falantes inteligentes, pode até mesmo colocá-los em funcionamento usando um comando de voz. Dominic Monn, um engenheiro de aprendizado de máquina da Doist, contou: “Quando eu digo a Siri para ‘soltar os cães’, o aspirador de robô começa a limpar a casa.”

  • Convocar toda a sua família ou seus colegas de apartamento

Precisa convocar uma reunião de família para dizer a seus filhos que está na hora de eles fazerem o dever de casa? Precisa definir a trilha sonora de uma festa? Quer pregar uma peça em seus colegas de apartamento? Se você tiver alto-falantes ativados por voz, usando o Google, pode transmitir uma mesma mensagem para toda a família.

  • Cozinhar

Comandos de voz evitam que você tenha que enxaguar constantemente as mãos para tocar em um tablet ou smartphone enquanto está seguindo uma receita. Por exemplo: você pode fazer com que o Google encontre a receita, leia-a passo a passo, defina cronômetros ou peça conversões (por exemplo, de litros para xícaras). Ou, se você precisar de uma folga da cozinha hoje à noite, pergunte ao seu assistente de voz quais restaurantes existem nas proximidades ou peça a ele para ajudá-lo a encontrar um lugar para pedir comida para viagem.

  • Controlar sua casa inteligente

Sua voz funciona automaticamente com itens domésticos conectados por wi-fi, o que significa que as possibilidades de controlar sua casa são infinitas. Aqui estão algumas das minhas favoritas:

Descubra a temperatura da sua casa ou ajuste-a com um termostato inteligente, como o Nest. Basta dizer: “Ok Google, aumente o termostato” ou “Ok Google, qual a temperatura do termostato?” Infelizmente, o Google ainda não é capaz de mediar disputas de temperatura entre colegas de apartamento ou casais.

Use comandos de voz integrados a campainhas inteligentes ou sistemas de alarme. Você pode pedir ao seu celular para “mostrar minha porta da frente” para ver quem está lá, usando um sistema de segurança residencial habilitado para voz. Quando você estiver chegando em casa e suas mãos estiverem ocupadas, você pode destrancar a porta da frente usando fechaduras inteligentes.

Jef Curtis, desenvolvedor de marketing da Doist, usa comando de voz para preparar o quarto de sua filha para ela dormir enquanto dirige de volta para casa. Ele diz à Siri: “Prepare a hora de dormir”, e esse comando fecha as cortinas, escurece as luzes, inicia uma lista de reprodução, destranca a porta da frente e acende as luzes da varanda”. Tudo isso usando dispositivos habilitados para o HomeKit.

CRIANÇAS

A experiência de usar comandos de voz pode ser especialmente divertida para as crianças. Aqui estão algumas das atividades favoritas de nossa equipe, para você testar com os pequenos:

  • Perguntar que barulho um determinado animal faz utilizando o Google Home. Por exemplo: “O que a vaca faz?”. Dependendo da idade da criança, ela vai imitar o som junto com o assistente. 
  • Manter seu filho entretido com jogos da Google Home, como os da “Princesas da Disney” ou de “Frozen”.
  • Incentivar seu filho a se interessar por matemática, desafiando seu assistente inteligente com problemas bizarros, como “quanto é 10 trilhões menos um?”. Seu filho vai dar risadas enquanto a voz diz “99999999999…″. Tente também perguntar “quanto é 10 dividido por zero?”.
  • Garantir uma boa noite de sono para seus filhos. Se você usa algum som ambiente para adormecê-lo ou deseja cobrir algum ruído inconveniente durante a noite, use comando de voz para reproduzir um ruído branco ou um som relaxante. Para o Google, basta dizer: “Tocar sons da floresta” ou “Tocar ruído branco”.

ESCOLA E APRENDIZAGEM

Se você é um aluno que aprende bem oralmente, ou que apenas precisa de uma pausa na leitura, a voz pode complementar suas estratégias de estudo.

  • Lendo

Descanse os olhos da leitura de um livro ou do computador e, em vez disso, use o assistente de voz para ler em o conteúdo em voz alta. No Google Assistant e na Alexa, você pode ouvir audiolivros e dar comandos de voz como “reproduzir o próximo capítulo”. Você também pode usar a voz para ler artigos da web.

  • Estudando

Use o Google para ajudar a encontrar a resposta para problemas matemáticos e estatísticas. É muito útil se você estiver fazendo o dever de casa na última hora, embora não recomendemos isso para todas as vezes.

  • Podcasts

Faça a experiência de ouvir um podcast totalmente sem utilizar as mãos, dizendo à Alexa, ao Google ou à Siri para reproduzir um podcast.

  • Línguas

Precisa procurar uma palavra em um idioma estrangeiro? Basta perguntar ao seu assistente de voz com o modo tradutor do Google, da Amazon Echo ou da Siri. “‘Como se diz ‘Isto é fácil’ em japonês?”

Você pode até mesmo alterar o idioma padrão do seu dispositivo ou configurá-lo para ser multilíngue, para que ele responda em um segundo idioma quando você falar com ele nesse segundo idioma. Para a Alexa, por exemplo, basta dizer “Fale inglês e espanhol”.

  • Conhecimento Geral

Mesmo se você não estiver mais na escola, você nunca termina de aprender. Aer, da área de vendas da Doist, costuma usar o comando de voz para desempatar algumas apostas que faz com amigos. “Meu último foi ‘Quem foi o ator que estrelou em Boys Don’t Cry? ’Eu perdi a aposta!”, Aer diz.

ENTRETENIMENTO

Após um longo dia de trabalho, reserve um tempo para relaxar. Use o assistente de voz para reproduzir sua biblioteca de música, encontrar um filme em cartaz proximidades ou para ligar e controlar sua TV.

  • Música

Esteja você recebendo convidados ou apenas desabando em seu sofá no final do dia, use um comando de voz para tocar uma música ou lista de reprodução, definir o volume ou controlar os alto-falantes em sua casa no reprodutor de música de sua escolha. Eu criei configurações do Google com meus alto-falantes inteligentes pela casa, aos quais posso pedir para tocar música, dependendo do momento. Quando peço “Toque chillhop nos alto-falantes do andar de cima”, crio um clima agradável para a noite.

Está ficando maluco porque não consegue lembrar o nome de uma música que está na sua cabeça? Você pode até mesmo pedir ao Google Assistente para “tocar aquela música que diz…” e, em seguida, cantar uma parte da letra.

  • Filmes

Algumas coisas, como procurar ingressos de cinema, demoram mais do que deveriam. Economize tempo pedindo ao Google Assistente para comprar ingressos de cinema. Ele apresentará opções de filmes em cinemas próximos e permitirá que você escolha sua sessão e compre ingressos sem levantar um dedo.

  • Televisão

Se você perdeu o controle remoto ou se apenas gosta de falar com sua TV (ei, nós te entendemos), você pode usar o assistente de voz em qualquer Smart TV compatível com a Alexa, Siri ou Google Assistant para reproduzir e pausar programas, mudar de canal e outras opções. 

Use seu assistente de voz para assistir ao seu programa de streaming favorito. Eu fiz uma configuração de voz com o Google Assistant para reproduzir programas em diferentes TVs da casa, por exemplo: “’Exibir ‘Stranger Things’ na Netflix na TV da sala da frente”. Ou: “Reproduzir as notícias no YouTube na TV do porão.” Assim, quando estou começando meu treino, peço à TV que fica na mesma sala que meus pesos e a bicicleta ergométrica para “Exibir Rocky na TV”.

SE VOCÊ PERDER O CELULAR

Não é tão fácil usar seu assistente de voz se você perder o celular. Se, mesmo depois de revirar do avesso as almofadas do sofá, você não o desenterrou, então use um comando de voz para encontrá-lo. No Google Assistant, basta dizer: “Ok Google, encontre meu telefone”. A Alexa e a Siri também podem ajudá-lo.

Os assistentes de voz são uma verdadeira experiência de “configurar e aproveitar”. Inicialmente, o uso exige algum esforço para ficar confortável ao aprender como usar o assistente e configurar fluxos de trabalho e comandos. Mas logo você terá uma recompensa significativa em termos de facilidade, conveniência e tempo sem tela. E, como acontece com qualquer nova ferramenta, quanto mais você a usa, mais consegue otimizar sua experiência com ela.

SOBRE O AUTOR

Neil Vidyarthi é product marketer e mindfulness evangelist na Doist. O artigo foi originalmente publicado no blog da empresa.