POR CHRISTINE FRUECHTE

2021 terminou e o segundo ano da pandemia chegou ao fim, e o nosso cansaço coletivo está maior do que nunca. O estresse, a fadiga e a inquietação que estão fazendo com que muitos de nós questionem escolhas e prioridades de vida foram bastante documentados e televisionados. A Grande Renúncia é um exemplo concreto desta reavaliação em massa.

É esperado que 2022 seja o ano de retorno ao escritório, pelo menos para alguns, acelerando a experiência de trabalho híbrido que já está acontecendo. Sabemos que profissionais motivados e engajados têm melhor desempenho, permanecem mais tempo em seus empregos e têm menos chance de sofrer de burnout. Então, quais seriam as melhores maneiras de comandar e motivar suas equipes?

PROMOVA CONEXÃO

Funcionários que se sentem conectados e que se sentem parte da equipe são mais produtivos e comprometidos. Os líderes devem usar tudo ao seu alcance, incluindo novas tecnologias, para promover a cultura da empresa. Mas não vamos esquecer da importância de simplesmente andar pelo escritório ou pegar o telefone para falar com os membros da equipe. Incentive seus gerentes a fazerem o mesmo. Tomando os cuidados necessários, promova encontros mensais presenciais para toda a empresa, para que os funcionários se reconectem, além de eventos especiais como almoços de equipe, conversas sobre bem-estar, happy hours ou até mesmo uma aula de yoga juntos. Se você precisar encorajar ainda mais os funcionários a retornarem ao escritório, considere dar um subsídio para despesas que não apenas promova a colaboração no escritório, mas também apoie restaurantes próximos e outras empresas.

SEJA AUTÊNTICO

A pandemia colocou a comunicação corporativa à prova e os líderes aprenderam em primeira mão o quanto ser autêntico e vulnerável gera confiança. Líderes que continuam a ser transparentes com seus sentimentos, tanto positivos quanto negativos, construirão conexões mais fortes e laços de lealdade. Quando as pessoas veem você sendo autêntico, pedindo feedback ou reconhecendo as dificuldades, isso mostra que não há problema em fazer o mesmo e cria um ambiente onde as pessoas sentem que podem expressar suas opiniões e serem elas mesmas.

PROMOVA PROPÓSITO

Funcionários que encontram um propósito em seu trabalho se tornam mais engajados e produtivos. Conforme muitos trabalhadores reavaliam suas prioridades durante a pandemia, eles também consideram como os valores de sua empresa se alinham aos seus. Ajude os funcionários a ver a conexão entre o trabalho que fazem e o objetivo maior da organização. Reforce o importante papel que eles desempenham. Se eles desejam um novo desafio, trabalhe com eles para identificar novas oportunidades de desenvolvimento de carreira. Explore projetos pro-bono ou low-bono com empresas sem fins lucrativos parceiras. Além disso, apoiar grupos de funcionários que representam interesses diferentes oferece a eles uma oportunidade de compartilhar seus valores e mostra que a empresa se importa.

DEMONSTRE APREÇO

É bom senso mostrar aos funcionários o seu apreço, mas é algo que pode passar despercebido em um ambiente de trabalho híbrido. A falta de feedback positivo ou demonstração de apreço pode fazer com que os funcionários se sintam ineficientes ou desmotivados. Além de dar feedback e fazer os elogios devidos em suas interações regulares, promova oportunidades de reconhecimento mais formais. Considere destacar grandes feitos e a maneira como seus funcionários lidam com os desafios impostos nas comunicações internas e nas reuniões semanais, mensais ou trimestrais. Demonstre apreço de uma maneira única, pois isso também fomentará a conexão, por exemplo: peça aos seus gerentes que enviem itens especiais ou presentes para aqueles funcionários que continuam trabalhando remotamente. E, por fim, e talvez o mais importante, escute e escute muito. As pessoas se sentem mais apreciadas quando são ouvidas.

PRIORIZE A SAÚDE MENTAL

Toda lista de resolução de ano novo deve incluir um foco na saúde mental. Todos nós passamos por muita coisa nestes últimos dois anos e os trabalhadores agora contam com os empregadores para ajudá-los a lidar com isso. Se ainda não o fez, ofereça apoio à saúde mental como benefício. Isso pode incluir acesso a ferramentas online, oferecer um subsídio de bem-estar, reuniões com profissionais de saúde mental ou espaços seguros onde os funcionários podem conversar, processar problemas e aprender uns com os outros.

SEJA CORAJOSO

Em tempos de incerteza, é comum não querer arriscar. No entanto, as pessoas estão enfrentando uma pandemia global há quase dois anos e estão prontas para superar as incertezas. Líderes experientes sabem que transparência, visão clara, metas ambiciosas e valorização dos funcionários motivam os trabalhadores. É hora de ser ousado e tomar medidas que inspirem ideias transformadoras que nos ajudem a sair do caos da pandemia.

Nosso mundo híbrido de 2022 precisa fornecer flexibilidade para ajudar os trabalhadores a gerenciar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal a que se acostumaram durante a pandemia. Também é hora de respirar fundo e perceber que tudo vai ser diferente, e está tudo bem. Não vamos esquecer as lições aprendidas nesse período conturbado. Nós não vamos voltar ao trabalho tradicional de antes. E precisamos, mais do que nunca, lembrar do que é mais importante – as pessoas. Quando você cuida delas, elas cuidam dos negócios.

SOBRE A AUTORA

Christine Fruechte é CEO da Colle McVoy, agência de criação em Minneapolis.