POR ANA BEATRIZ CAMARGO

Neste ano que termina, falamos bastante nessa editoria sobre a pujança dos jogos mobile. Mostramos, inclusive, como é o processo de criação de um jogo para este tipo de plataforma. Agora, é hora de olhar para o horizonte que nos aguarda em 2022 e estar atento ao que é aguardado como tendência para o ano que chega. 

Um dos radares para captar o que está despontando no oceano de possibilidades dentro do mercado mobile é o report anual da Unity, empresa conhecida como um “motor de jogos”. A Unity oferece uma plataforma com ferramentas para desenvolvimento de jogos. O sucesso Pokemon Go, por exemplo, foi criando pelos “motores” da Unity. Segundo a empresa, 71% dos mil jogos mais importantes de 2020 foram criados usando a plataforma. 

Veja o top 3 do que ficar atento no ano que chega, tanto para desenvolvedores, marcas, jogadores e entusiastas do assunto:

1. MOBILE É O SEGMENTO QUE CRESCE MAIS RÁPIDO 

Tudo que cresce demais, fica saturado? Esta é uma pergunta que alguns desenvolvedores de games fazem: há mercado consumidor para jogos mobile? Os dados apontam para um “sim”. Segundo a consultoria Statistica, quase 4 bilhões de smartphones estarão no bolso das pessoas até o fim deste de 2021 e 1,8 bilhão de usuários fizeram download de jogos para os seus dispositivos. Para os próximos 4 anos, estima-se que este número alcance a marca dos 2,2 bilhões. 

Segundo o “Global Games Market Report” da Newzoo, jogos para celulares irão gerar uma receita de mais de US$ 85 bilhões até o fim de 2021 e mais de US$ 100 bilhões em 2023 — crescimento anual de mais de 18%. 

Jogos para mobile são o segmento com crescimento mais rápido (Crédito: Newzoo)

2. HYPER CASUAL É O GÊNERO DO MOMENTO

Os jogadores mobile gastam mais dinheiro e com mais frequência do que os jogadores das outras plataformas, um exemplo é que, de 2016 a 2020, as taxas de conversão para compras dentro dos aplicativos cresceram 7,7%. Outro dado que endossa esse fato é que, desde o último ano, a receita com anúncios nos jogos mobile aumentou mais de 8%. Mas a competição também está mais acirrada do que nunca, por isso os estúdios estão atentos aos dados para fazer suas apostas e lançamentos. 

Os jogos do gênero hyper casual dominam, hoje, o número de downloads de jogos pelo mundo é esperado que eles continuem no topo, 2022. Esse fenômeno começou a ser percebido em 2020: dentro os jogos mais baixados, o gênero battle royale ocupou a #1 e #3 posições, enquanto os demais eram jogos do estilo hyper casual

3. MAIS QUE JOGAR, INTERAGIR

(Crédito: Unity Asset Store)

De acordo com dados da Entertainment Software Association, mais da metade dos gamers jogam online com outras pessoas, em média, 7h por semana. E 55% deles relatam que jogar com outras pessoas, mesmo que a distância, foi um recurso que encontraram para não se sentirem sozinhos durante a pandemia. O elemento social presente nos games é uma forma importante para conduzir a experiência do jogador, explica o relatório da Unity.  Para o próximo ano, a expansão da tecnologia 5G promete atuar como uma aliada para melhorar a experiência dos usuários ao redor do mundo e reforçar a tendência dos jogos multiplayer e do jogo como um novo ponto de encontro social.

SOBRE A AUTORA

Ana Beatriz Camargo é jornalista, heavy user de redes sociais e escreve sobre o mundo dos games.