COLUNISTAS

Eco Moliterno

Depois de quase 20 anos trabalhando em agências de publicidade – sendo os 10 últimos como VP de Criação na Wunderman e Executive Creative Director na Africa –, Eco Moliterno é desde 2017 o Chief Creative Officer da Accenture Interactive para toda a América Latina. Em 2013 ganhou o Prêmio Caboré como Profissional de Criação do Ano e em 2015 foi eleito um dos publicitários mais influentes do Brasil e um dos brasileiros mais influentes da internet. Eco também foi considerado um dos 3 publicitários mais admirados por profissionais de marketing segundo o Agency Scope em 2016 e 2018, além de já ter sido premiado e membro do júri dos principais festivais de criação do mundo – incluindo duas vezes como jurado do Festival de Cannes (2009 e 2018). E em 2020 foi listado pela revista WIRED como um dos “50 Nomes que estão Expandindo a Criatividade no Brasil".

  • COLUNA

    SXSW, o metaverso e a gamificação do marketing

    Escrevo essa coluna no avião voltando do SXSW – evento que, depois de dois anos de hiato, voltou a reunir presencialmente pessoas do mundo todo para verem antes de todo mundo quais são as últimas tendências. E esse ano eu reparei que, em meio a…

  • COLUNA

    Metaverso ou Betaverso?

    Depois que o Meta Zuckerberg se meteu a falar sobre esse assunto, agora virou meta pra todas as marcas em 2022 também falarem sobre o tão falado Metaverso. Porém, muita gente ainda questiona se essa nova plataforma de experiências imersivas já está realmente pronta pra…

  • COLUNA

    O que é melhor: inventar ou inovar?

    Henry Ford, famoso engenheiro e empreendedor norte-americano do início do século XX, registrou 161 patentes durante a sua vida – e, por isso, muita gente acha que ele foi o “inventor do carro”. Só que o automóvel como o conhecemos hoje, com motor à explosão,…

  • COLUNA

    Big Experience é a nova Big Idea

    Muita gente ainda acha que o espaço publicitário mais premium do mundo é o intervalo do Super Bowl – a tão sonhada final da liga de futebol norteamericano. Ledo engano. Ele pode até ser o formato de mídia mais caro do planeta, mas não é…

  • COLUNA

    Largue o mapa e volte pra bússola

    Nunca vou esquecer o primeiro vôo internacional que eu fiz, quando tinha 10 anos de idade. Logo assim que o avião decolou, não parei quieto na poltrona até a aeromoça me levar pra conhecer a cabine de comando – o sonho de consumo de qualquer…